Posts Tagged ‘Joaquim Egídio’

Conheça o Restaurante Vila Paraíso

16/08/2010

O restaurante Vila Paraíso fica em um ambiente tranqüilo de Joaquim Egídio, um ambiente especialmente criado para se deixar de lado o stress do dia-a-dia, deliciando-se com os pratos da casa.

Especialista em massas, grelhados e frutos do mar, o restaurante tem alguns pratos já famosos, como o Robalo Mediterrâneo, que faz um enorme sucesso. No prato, o peixe vem acompanhado de camarão, azeitonas, tomate cereja, risoto de limão e batata soutê.

Aos domingos, a casa funciona das 11h às 18h. É uma boa dica para quem quer almoçar num lugar especial durante a 6ª Estação das Artes, no próximo dia 19 de setembro.

De quinta a sábado, o restaurante Vila Paraíso abre das 11h à meia-noite. Na sexta, tem música ao vivo com MPB e Jazz instrumental.

Vila Paraíso
Rua Heitor Penteado, 1716
(19) 3298-6913
www.restaurantevilaparaiso.com.br

Anúncios

Um pouquinho de história… Joaquim Egídio

12/11/2009

O distrito de  Joaquim Egídio guarda ainda o estilo de cidadezinha do interior, com suas ruas de paralelepípedos e fachadas das casas encostadas nas calçadas.

A formação de Joaquim Egídio teve início a partir da instalação do Ramal Férreo Campineiro para escoar a grande produção de café das fazendas. A estrada de chão batido por onde passava a antiga linha do trem, trecho mais conhecido como “linha”, é cercada por fazendas e proporciona uma prazerosa caminhada, com paradas para observações e conversas à sombra das árvores.

Algumas construções foram tombadas pelo seu valor histórico: o casarão que abriga a sub-prefeitura, o Espaço Cultural Ettore Nallin e a Igreja de São Joaquim e São Roque são apenas alguns exemplos.

Vários dos restaurantes estão situados em antigos casarões do século XIX, restaurados e bem conservados, aguardando sua visita!

Kátia Bellomo apresenta os benefícios da dançaterapia

11/11/2009

No domingo, às 11h, a Estação das Artes oferece aos visitantes uma apresentação de Dançaterapia, com Kátia de Almeida Bellomo. Kátia garante que qualquer interessado pode participar: homens e mulheres, de qualquer idade.

Como o próprio nome diz, dançaterapia é terapia através da dança. “Começamos com um aquecimento das articulações, que é ao mesmo tempo um trabalho de consciência corporal. Numa sequência de músicas variadas, de Mpb, clássicas, pop até o samba, vamos orientando os participantes, criando movimentos conforme o ritmo de cada música. Com isso, os participantes aprendem novos movimentos, aumentando seu vocabulário corporal e a expressão de sentimentos”, explica Kátia, formada em Artes Cênicas pela Unicamp.

A Dançaterapia se propõe a resgatar músicas de qualidade de todos os tempos, numa viagem musical, revisitando memórias e emoções.

A apresentação de dançaterapia acontece às 11h, na no salão social da Sub-prefeitura de Joaquim Egídio, que fica na Rua José Inácio, 14.

Katia

Mandalas em cerâmica – exposição no restaurante Estação Marupiara

04/11/2009

DSC05280

 

Durante a 4ª Estação das Artes, o restaurante Estação Marupiara, em Joaquim Egídio abre espaço para os trabalhos da ceramista Darly Pellegrini.

Para esta exposição, a artista escolheu algumas mandalas de sua extensa coleção de peças, cerâmica artesanal de alta temperatura.

O ateliê da artista fica em Sousas.  No espaço, Darly produz as próprias peças, e ainda oferece aulas para os interessados.

Formada em Artes Plásticas na França, tem mestrado em Artes Visuais pela Unicamp. Atuou por 10 anos como designer e atua com cerâmica há 15 anos. Além das mandalas que serão expostas na Estação das Artes, Darly produz peças de decoração, utilitários, esculturas e peças para jardim.  O apelo à natureza é muito presente. Segundo ela, o uso de folhas e rendas é freqüente em seu trabalho.

Para conhecer melhor o trabalho da artista, sugerimos uma visita ao site:

http://www.darlyceramicas.com.br/

Para visitar a exposição no Restaurante Estação Marupirara, no dia 15 de novembro, o endereço é: Rua Manoel Saturnino do Amaral, 29, em Joaquim Egídio.

DSC05322

A ceramista Darly Pellegrini em seu atelier

Bijouteria, chinelos e óleo sobre tela de Solange Milano

29/10/2009

Solange fez cursos de artes plásticas durante 5 anos e iniciou suas atividades com a pintura de óleo sobre tela. Para ampliar seu trabalho, resolveu experimentar algo mais simples e acessível e investiu nas bijuterias e chinelos bordados. E a partir daí, a cabeleleira que mora em Joaquim há 30 anos não parou mais de fazer seus artesanatos.

Durante a 4ª Estação das Artes, Solange vai expor suas peças em bijouterias e os chinelos na feira Jeito de Joaquim.

Seus quadros estarão em exposição no Bar do Marcelino, que fica na rua Heitor Penteado, 1113, em Joaquim Egídio. Sua obra retrata as belezas do distrito, como casas de Fazenda, a pequenina Igreja de Nossa Senhora Aparecida, nas proximidades e até paisagens de trilhas.

Solange_todos

 

Velho Valentim Restaurante & Música Bar

28/10/2009

vv_img_logomarca_197

Culinária diversificada é um dos segredos do sucesso do restaurante Velho Valentim, em Joaquim Egídio. Lasanha, filé à parmegiana, moqueca de peixe e frutos do mar estão na lista dos pratos mais pedidos da casa.

Para a 4ª Estação das Artes, a sugestão é o BOBÓ DE CAMARÃO G: delicioso molho de camarões com leite de coco, azeite de dendê e iguarias sobre um cremoso purê de mandioca com leite de Coco. Servido na telha, o prato serve 3 adultos.

Outra sugestão é uma receita secular da família Roese, que deu origem à MOQUECA À CRISTINA ROESE, com postas de Abadejo e frutos do Mar da época servidos ao molho tipicamente baiano, acompanhados de pirão e arroz branco, para dois adultos.

vv_prato_moqueca

Moqueca à Cristina Roese

Valentim dos Santos Carvalho, que dá nome à casa, foi o responsável pela primeira ferraria de Joaquim Egídio, na segunda metade do século XIX, por volta de 1880. O prédio centenário onde funciona o restaurante foi construído pelo próprio “Velho Valentim” e foi conservado para criar um ambiente rústico, e bastante aconchegante, integrante de destaque do mais agradável circuito gastronômico da região de Campinas.

Velho Valentim

Velho Valentim Restaurante & Música Bar

R. Dr. Heitor Penteado, 1092 – Joaquim Egídio

(19) 3298-6674

http://www.velhovalentim.com.br/

Camisetas e Cerâmica que demonstram a paixão por Joaquim Egídio

27/10/2009

Camisetas

 

 

A paixão de Mônica pelo distrito de Joaquim Egídio é evidente em seu trabalho. Suas cerâmicas, por exemplo, retratam fachadas das casas do distrito. Nas camisetas, paisagens de Joaquim como a igreja, o casario e outras belezas do lugar.

Professora de educação infantil, Mônica produz suas peças no tempo livre. Na Feira Jeito de Joaquim, na 4ª Estação das Artes, a artista mostra todo o seu trabalho, que inclui cerâmicas com diferentes inspirações: sagrada família, folhas, rendas, tecidos e outros materiais.

Ceramicas